No próximo dia 19 de Novembro, teremos o orgulho de apresentar a terceira edição do VA Arquetipo, uma marca registrada no catálogo da Nin92wo. Após duas grandes colaborações com produtores brasileiros emergentes e alguns talentos internacionais, pisamos no acelerador para concepção do novo capítulo desa história que representa mais um marco na trajetória da 92. Ao todo serão 10 faixas inéditas e originais, produzidas por nomes que acreditamos muito e que atualmente representam com profundidade o perfil artístico dos nossos projetos. Dando início a divulgação do release a uma série de conteúdos especiais com os artistas do Arquetipo III, convidamos Marcelo Oriano para contar a história da Silent Chaos, faixa co-produzida com Against the Time. Confira:

“O desejo de criar uma collab entre nós já existia há mais de um ano. Na primeira vez em que o Against the Time veio tocar em Florianópolis, ele daria um workshop no dia seguinte que seria ministrado em dupla com o Victor Enzo. Devido a um problema de logística, o Victor não pôde vim e foi substituído por este que vos fala. Ali, naquele workshop, surgiu a semente da nossa primeira track.

O projeto obviamente não foi concluído nas curtas horas da demonstração que fizemos e dali ficou a ideia pendente por muito tempo, sempre adiada em consequência das nossas agendas apertadas. O Marcio (ATT) até esteve em Floripa na virada deste ano, mas novamente nossas compromissos não permitiram que nos encontrássemos.

Há alguns meses decidimos levar a ideia adiante via internet mesmo. O Márcio me mandou o projeto iniciado da Silent Chaos via Wetransfer e eu imediatamente soube o que fazer! Foi um daqueles collabs em que uma ideia puxa a outra e nem foi preciso experimentar muitos timbres: foi como se na minha mente eu já escutasse o que faltava na música.

Dentre as ideias e alterações, acelerei a música em dois BPMs, fiz alguns ajustes no arranjo e reformulei o lowend pra dar o peso característico dos kicks que venho usando. O Márcio aprovou as minhas ideias no primeiro envio e já pude partir pra mixdown.

No fim, acredito que a track demonstra perfeitamente o casamento de nossos estilos: ela tem o groove pesado envolvido por atmosferas sombrias e densas das minhas composições unidos com os elementos melódicos, pads longos e horns típicos das músicas do Against the Time.”

Force on the dance floor!

Share this Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.